quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Ismália - Alphonsus de Guimaraens


http://soundcloud.com/mayconarcanjo/ism-lia-alphonsus-de-guimar-es


Poema Ismália Recitado por Mim ao som de Nothing Else Matters do Metallica..

Um comentário:

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Olá meu amigo!

Grata foi a minha surpresa ao encontrar no teu blog essa outra forma de postagem. Grandes clássicos da nossa literatura ainda são desconhecidos por muitos e carecemos dessa difusão nos meios virtuais. Além de Ismália fiquei feliz por encontrar, na tua voz a obra de um autor que muito, muito admiro que é Gregório de Matos.
Resta-me então deixar os meus parabéns e desejar que continues com essa iniciativa.

Um grande abraço e tenha um abençoado final de semana!

Deus seja contigo

Minha foto
Sou o que sou. Sou incoerente por vezes, sou sonhador sempre, temo o desconhecido sem contudo deixar de arriscar, tenho planos e projetos, construí e e ví cair em minha frente castelos. Como un anjo voei ao céu mas longínquo, e como um cometa caí. A queda de machucou, contudo me fez mais forte. Sou falho e impreciso. Simplesmente indefinível, enfim sou apenas humano.